Sudeco promove encontro com a bancada do Centro-Oeste

Sudeco promove encontro com a bancada do Centro-Oeste

Por Assessoria de Comunicação

Publicação: Qua, 20 Jun 2018 17:59:00 -0300

Última modificação: Qui, 28 Jun 2018 17:32:58 -0300

Crédito: Ascom/Sudeco

A Sudeco realizou nesta quarta-feira (20) na sede da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), presidida pela deputada federal Tereza Cristina (DEM/MS), um encontro com a “Bancada do Centro-Oeste”. Participaram do evento o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, senadores e deputados federais da região, bem como, representantes do Banco do Brasil.

O objetivo foi aproximar mais os parlamentares do Centro-Oeste da autarquia e de apresentar e debater o Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), o Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO), o Banco de Projetos da autarquia e apresentar a necessidade da ampliação da alocação de recursos na Sudeco, por meio das emendas individuais e de bancada.

Segundo Marcos Derzi a proximidade com os parlamentares da região é fundamental para alocação desses recursos. “Quando assumi a Sudeco foi com o objetivo de atender toda a bancada visando beneficiar a todos os municípios do Centro Oeste. Isso só será possível com um maior aporte de recursos na autarquia, por meio das emendas individuais e de bancada”.

Segundo o ministro Carlos Marun, a Sudeco está cumprindo com seu papel em reunir e aproximar os parlamentares do Centro-Oeste. “Trata-se de uma respeitável e pungente ferramenta para o desenvolvimento dos estados, na alavancagem de projetos importantes. Fazemos votos que continue assim, em prol do desenvolvimento do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal”.

Para Edimilson Alves, diretor de Implementação de Programas e Gestão de Fundos, a reunião foi bastante produtiva, uma das pautas abordadas, foi solicitar a reposição dos quadros de engenheiros da superintendência, com o objetivo de acelerar os processos em andamento. “A nossa Meta é alavancar em 2019, com R$ 320 milhões entre emendas de bancada e individual”. Pontuou Edimilson Alves.