“FCO: Linhas e condições de financiamento” é apresentado na Tecnoshow Comigo

“FCO: Linhas e condições de financiamento” é apresentado na Tecnoshow Comigo

Por Assessoria de Comunicação

Publicação: Sex, 12 Abr 2019 11:45:00 -0300

Última modificação: Seg, 15 Abr 2019 14:07:28 -0300

Soluções para aumentar a produção e a competitividade do agronegócio goiano nos mercados nacional e internacional. Assim foram os cinco dias de Tecnoshow Comigo na Zona Rural de Rio Verde (GO). Como parte da estratégia para impulsionar o agro local, o evento contou com a presença de agentes financeiros e parceiros que auxiliam o produtor rural, através de linhas de crédito e financiamento, na aquisição de máquinas, equipamentos e insumos. Entre os envolvidos estava a coordenadora-Geral de Fundos e Promoção de Investimentos da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Luciana Barros.

A coordenadora apresentou na tarde dessa sexta-feira (12), a palestra “FCO: Linhas e condições de financiamento”. “É uma oportunidade ímpar participar da maior feira de agronegócio da Região Centro-Oeste. O fundo constitucional é uma importante ferramenta voltada para financiamentos que vão gerar desenvolvimento econômico, emprego e renda. Eventos como esse dão a oportunidade de esclarecermos e tirarmos dúvidas de eventuais tomadores’, comenta Barros.

E acrescenta que “80% das contratações do fundo estão voltadas para o agro que é a economia da nossa região. A Superintendência tem ferramentas de desenvolvimento regional: fundo constitucional e fundo de desenvolvimento”.

Para o presidente da Comigo, Antonio Chavaglia, a disponibilidade de crédito ao produtor rural, especialmente via FCO, atua como um fomentador do desenvolvimento do agronegócio. “De acordo com o Banco do Brasil, 80% dos negócios fechado por eles durante o evento são vinculados ao Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste gerido pela Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste”, destaca Chavaglia.

As linhas de financiamento oferecidas pela Sudeco foram divulgadas do dia 08 ao dia 12, no stand da Prefeitura de Goiás.

FCO Goiás

A previsão de recursos para o Estado de Goiás investir em atividades de desenvolvimento econômico e social, por meio de programas de financiamento aos setores produtivos, para este ano é de R$ 2.3 bilhões. Esse valor é procedente do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), administrado pela Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), em conjunto com o Ministério do Desenvolvimento Regional e o Banco do Brasil S.A.

No ano anterior, o valor distribuído foi de R$ 3.39 bilhões. Praticamente todo o recurso foi utilizado - R$ 3.25 bilhões –, ou seja, 95% dos recursos disponibilizados foram utilizados para o desenvolvimento local, fomento da economia e geração de empregos diretos e indiretos.

Entre os anos de 2017 – R$ 2,5 bilhões e 2018 – R$ 2.7 bilhões, o setor rural foi o que mais teve destaque como crescimento de 9%. Ano passado, 86% do orçamento foi usado pelo setor rural e 14% pelo empresarial.

Fundos

FCO - Contribui para o desenvolvimento econômico e social da Região, mediante a execução de programas de financiamento aos setores produtivos.

FDCO – Assegura recursos para a implantação de projetos de desenvolvimento e a realização de investimentos em infraestrutura, ações e serviços públicos considerados prioritários no Plano Regional de Desenvolvimento do Centro-Oeste.